Os Seres Humanos e a Ambição

Por Dr. Wagner Paulon

05/04/2008

 



A ambição “Desejo veemente de alcançar aquilo que valoriza os bens materiais ou o amor-próprio (poder, glória, riqueza, posição social, etc) se orienta de maneira própria, é um outro atributo da personalidade”.

Existir sem o entusiasmo criador de nobres pretensões é viver uma vida monótona. O movimento propulsor para alcançar e nos elevar acima das coisas comuns da vida está presente em todos nós. A ambição racional é o veículo e a força motriz que transporta a energia dirigida em direção às melhores ocorrências.

Os Seres humanos que colocam a vontade em lugar da capacidade, geralmente fracassam em virtude da sua ambição mal orientada.

Assim como a ambição ultrapassa a capacidade, a infelicidade é uma conseqüência inevitável. Existe virtude, em querer alcançar as estrelas, mas é muito mais prático obter, primeiramente, as pequenas coisas da vida.

Consiga os seus objetivos um de cada vez. Determinaram a um competente romano suster as rédeas de seis cavalos e vencer a corrida de carros. Se Você não possuir uma direção segura de mais de um par de rédeas na vida, Você estará em desigualdade de condições para poder enfrentar as perigosas curvas, sem emborcar.

Temos a faculdade de atribuir a maioria dos nossos fracassos ao fato de nunca terminarmos o que iniciamos. Falta-nos a capacidade de concentração sobre um projeto suficientemente longo para que seja atingida a sua concretização.

Os indivíduos, que concentram os seus esforços na realização de um ideal por vez, podem encontrar inspiração num antigo provérbio italiano: "O mundo abre alas para deixar passar aquele que sabe aonde vai".

Desenvolva a sua mente. Adquira o máximo possível de cultura. Bibliotecas públicas, concertos gratuitos, museus de ciência e arte, constituem os dividendos do homem de poucos expedientes.

Tal qual o alimento representa para o corpo, a cultura representa para o espírito. Selecione para o seu programa de auto-educação algum passatempo de interesse absorvente, como literatura, música ou arte.

A catequização da alma é essencial para a felicidade e pode ser adquirida a qualquer tempo, em qualquer lugar e em qualquer idade. Ê como George Horace Lorimer disse:

“Você verificará que a educação é a única coisa neste mundo que jaz às soltas em nosso redor e que é a única coisa que uma criatura pode possuir na quantidade que deseja levar embora consigo”. (Tudo o mais está fortemente parafusado e a chave de parafusos se encontra perdida).
Pode-se, às vezes, dissecar claramente o processo de associação que conduz ao esquecimento de uma lembrança e a substituição de outras. (Isso ocorre diariamente no curso da psicanálise de pacientes.).

Dr. Wagner Paulon - Formação em psicanálise (Escola Paulista), mestre em psicopatologia (Escola Paulista), psicologia (Saint Meinrad College) USA, pedagogia (FEC ABC), MBA (University Abet) USA, curso de especialização em entorpecentes (USP), psicanalista por muitos anos de vários hospitais de São Paulo.