A Relação dos Músculos com os Sentimentos

Por Dr. Wagner Paulon

18/05/2008

 


O sistema nervoso autônomo transmite os efeitos emocionais e estes, são menos graves que os produzidos através das glândulas endócrinas, porém são mais comuns e igualmente desagradáveis.

Um músculo tenso é um efeito nervoso comum; um músculo tenso dói - seja na perna, na parede dum vaso sangüíneo ou no estômago.

Sob tensão emocional os músculos produzem dor na nuca, no estômago, no cólon, no pericrânio, nos vasos sangüíneos, nos músculos do esqueleto.

Quando os músculos emocionalmente ficam tensos determinam dores parecidas com as de úlceras, cólicas de fígado, dores de cabeça comuns, enxaquecas e uma grande série de quadros clínicos.

Outra conseqüência nos casos sangüíneos é a neurodermatite, que constitui trinta por cento de todas as moléstias de pele.

O efeito que usualmente chamamos de "gases" é, na realidade, um espasmo emocional dos músculos no intestino grosso.

Grande parte dos arrotos nada mais é que repercussões emocionais nos músculos do estômago.
 

Dr. Wagner Paulon - Formação em psicanálise (Escola Paulista), mestre em psicopatologia (Escola Paulista), psicologia (Saint Meinrad College) USA, pedagogia (FEC ABC), MBA (University Abet) USA, curso de especialização em entorpecentes (USP), psicanalista por muitos anos de vários hospitais de São Paulo.