Quebre o Paradigma

Por Bruno Soalheiro

14/04/2007



Hoje no mundo dos negócios mais do que nunca tem se falado em visão sistêmica, em holismo, em integração e percepção a partir de um ponto de vista global. A nova tendência é perceber a totalidade de tudo e a sincronicidade do universo. É a visão orgânica, de amplo espectro e cheia de possibilidades. O que as empresas da atualidade procuram hoje é justamente um profissional capaz de “sair da bolha”; atravessar o invólucro e atingir o patamar em que se enxerga as conexões e as tendências, um patamar em que se enxergue a “matrix” das coisas.

Infelizmente para nós, a grande maioria das pessoas ainda vive com uma visão compartimentalizada de mundo, enxergando situações de pontos de vista estáticos e unilaterais. Tomando decisões a partir de uma ótica reducionista e fragmentada. São poucos os que transcendem a obviedade e conseguem ver o que há por trás, a teia da vida. São estes os grandes artistas, exímios comunicadores, escritores soberbos, publicitários de sucesso, empresários “afiados”.

Mas como chegar a ponto de enxergar a globalidade das coisas e pensar em termos sistêmicos? Você não precisa se debruçar sobre um livro de física quântica para fazer isso, embora pudesse ajudar. A verdade é que há hábitos simples que podem nos impulsionar a enxergar a integridade das coisas, e um deles é, “quebre o paradigma”. Um paradigma é uma maneira de olhar o mundo, de ver as coisas. Qual é o seu paradigma?

Nós seres humanos somos curiosos; reclamamos muitas vezes da rotina mas não gostamos de mudar o modo como fazemos as coisas. Geralmente fazemos as mesmas coisas, do mesmo jeito, vamos aos mesmos lugares e temos as mesmas atitudes. Ficamos tão imersos no automatismo de nosso dia a dia que esquecemos de quebrar o paradigma.

É simples, para desenvolver novos pontos de vida e aguçar a percepção, mude algo, mesmo que seja algo corriqueiro. Você sempre descasca a laranja de tal modo? Pois descasque de outro. Experimente um dia mudar sua cama de lugar. Volte para casa por um caminho diferente. Ah, você sempre assiste a filmes de ação ou drama. Alugue uma comédia! Mas você não gosta de comédia. Aí é que está, por estabelecermos rigidamente algumas verdades é que perdemos muitas coisas e novidades. Pessoas de sucesso tem a característica de estar sempre abertas e nunca pré julgar as coisas; ouvem até mesmo a opinião do mais novo e inexperiente funcionário.

Mudanças simples como o lugar em que se almoça e o lado da cama em que se deita podem quebrar todo um ciclo estático de percepção e despertar para novos vieses da realidade. É o famoso: Mas eu nunca tinha pensado por este ângulo! Estas mudanças em coisas corriqueiras geram situações para o afloramento de novos caminhos, até que chega um ponto em que você percebe que há “várias maneiras” de se comer o pão, descascar a fruta, ir para casa, tomar banho, resolver um problema, e então você começa a se abrir para a diversidade do mundo e transcende esta postura para todos os âmbitos da sua vida. A partir daí você sai do invólucro e passa a enxergar todas as possíveis maneiras de se chegar a um objetivo. Você está começando a visualizar a matrix.

O resumo de tudo é, varie. Experimente novas coisas, novas posições, novas comidas, novos entretenimentos, leia muito e leia coisas variadas, deite-se de outra maneira, vá a um lugar em que você nunca foi, vai chegar um momento em que você verá que tudo se inter-relaciona, que o universo é uma grande e sincronizada rede de relações, e que tudo tem a ver com tudo. Aí você dará o salto, sairá da bolha, enxergará a totalidade e se tornará o tipo de profissional que o mundo procura na atualidade.

Sucesso!

Bruno Soalheiro é Psicólogo, palestrante e consultor em desenvolvimento humano.