Quadratividade Cerebral

Por Maria Rita Gramigna

18/09/2007



 

Ned Herrmann publicou  a teoria da quadratividade cerebral em seu livro “The Creative Brain (1989)”.

Nele, Hermann distingue as habilidades de cada um dos hemisférios, propondo quatro quadrantes.

De acordo com Herrmann, as escolhas pessoais relativas à profissão e a própria conduta na vida resultam de tendências hemisfericas.

COMPORTAMENTO HUMANO  SEGUNDO A TEORIA DE  HERRMANN.

MODELO EXPLICATIVO – GERAL

 

HEMISFÉRIO SUPERIOR

ESQUERDO - HSE

 

Racional

Analisa os fatos

Quantifica

É lógico

É critico

Gosta de números

Sabe administrar dinheiro

Sabe como funcionam as coisas

 

 

 

HEMISFÉRIO SUPERIOR

DIREITO - HSD

 

Experimental

Visualiza os fatos

Infere

Imagina

Especula

Assume riscos

É impetuoso

Rompe regras

Gosta de surpresas

É curioso

 

HEMISFÉRIO INFERIOR

ESQUERDO - HIE

 

Guardião

Organiza os fatos

 

Prevenido

Estabelece procedimentos

Faz coisas

É confiável

Planeja o tempo todo

 

HEMISFÉRIO INFERIOR

DIREITO - HID

 

Sentimental

Sente os fatos

 

É sensível aos outros

Gosta de ensinar

Gosta de fazer contatos

É expressivo

É emocional

Fala muito

É sensível

 

A seguir, vamos conhecer as idéias de Herrmann sobre  atuação das pessoas em alguns campos atividade humana, orientadas  pelas  tendências hemisfericas.

  

1. NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

 

ESTILO ANALÍTICO

SUPERIOR ESQUERDO

Quando aprende gosta de:

 

•     Obter e quantificar fatos

•     Aplicar análise e lógica

•     Pensar sobre as idéias

•     Elaborar teorias

•     Criticar

 

 

 

 

Prefere aprender a partir de:

 

•     Estudo e discussões de casos

•     Dados financeiros e técnicos

•     Leitura de livros

•     Fontes de “expertise” e referências

•     Palestra formal

•     Conteúdos baseados em dados

•     Exercícios analíticos

ESTILO EXPERIMENTAL

SUPERIOR DIREITO

Quando aprende gosta de:

 

•     Aprender com insights intuitivos

•     Explorar possibilidades ocultas

•     Sonhar acordado... brincar

•     Usar a imaginação

•     Enxergar o quadro geral e fazer uma síntese

•     Clima informal

•     Tomar a iniciativa

•     Conceitualizar  e descobrir

Prefere aprender a partir de:

 

•     Materiais visuais, estética, experiências

•     Discussão de caso orientado para o futuro

•     Discussão em grupos expontâneos

•     Exercícios de experiências

•     Exemplos metafóricos

•     Experimentação

•     Flexibilidade nas pautas.

 

ESTILO CONTROLADOR

INFERIOR ESQUERDO

Quando aprende gosta de:

 

•     Conteúdo e pauta estruturados e organizados

•     Fluxo de informações passo-a-passo

•     Avaliar e testar teorias

•     Adquirir habilidades pela prática

•     Verificar o entendimento

•     Orientações claras

Prefere aprender a partir de:

 

•     Discussão de casos

•     Discussão estruturada, orientada pelo apresentador

•     Atividades que reforçam conteúdos

•     Atividades seqüenciais bem planejadas

•     Métodos tradicionais comprovados

•     Leitura de bons textos

 

 

ESTILO RELACIONAL

INFERIOR DIREITO

Quando aprende gosta de:

 

•     Integrar experiências

•     Ouvir e compartilhar idéias

•     Confiar em intuições

•     Internalizar o conteúdo

•     Envolvimento emocional

•     Experiências práticas

Prefere aprender a partir de:

 

•     Discussões de casos voltados para pessoas

•     Oportunidades para experienciar

•     Demonstrações

•     Movimento sensorial

•     Trabalho em grupo

•     Histórias

•     Música

 

 

2. COMPORTAMENTO NO TRABALHO

 

ESTILO ANALÍTICO

SUPERIOR ESQUERDO

 

•     Pesquisa dados

•     Analisa questões

•     Discute de forma racional

•     Elabora teorias

•     Mensura com precisão

•     Resolve problemas pela lógica

•     Toma decisões com base no resultado financeiro

•     Compreende elementos técnicos

•     Apresenta boa análise crítica

•     Trabalha bem com números, estatísticas e dados

 

ESTILO EXPERIMENTAL

SUPERIOR DIREITO

 

•     Consegue visualizar mudanças futuras

•     Tem boa visão sistêmica

•     Reconhece novas possibilidades

•     Apresenta boa tolerância a ambigüidades

•     Integra bem as idéias

•     Desafia normas e políticas rígidas

•     Consegue sintetizar elementos diferentes formando um novo todo

•     Acha soluções inovadoras para os problemas

•     Usa a intuição

•     Processa rapidamente diversas informações.

 

ESTILO CONTROLADOR

INFERIOR ESQUERDO

 

 

•     Encontra falhas não percebidas

•     Aborda problemas de forma prática

•     É firme nas posições que toma

•     Apresenta bom padrão de consistência

•     Lidera de forma estável

•     Facilidade para lidar com  documentos  e contratos

•     Apresenta facilidade para planejar com detalhes

•     Sabe articular planos

•     Mantém registros financeiros em dia

 

ESTILO RELACIONAL

INFERIOR DIREITO

 

 

•     Reconhece dificuldades interpessoais

•     Percebe os sentimentos dos outros

•     Usa a intuição para perceber sentimentos dos outros

•     Percebe dicas não verbais

•     Consegue entusiasmar pessoas

•     Sabe persuadir

•     Sabe conciliar

•     Compartilha experiências

•     Considera valores pessoais

•     Compreende elementos emocionais

 

 

3. COMPORTAMENTO NA EQUIPE

 

HSE

Formal

 

Crítico

Decisivo

Analítico

Informado

Discriminador

 

HSD

Espontâneo

 

Jogador

Gosta de surpresas

Mente aberta

Imprevisível

Inconformado

HIE

Confiável

 

Previsível

Tradicional

Organizado

Reservado

Pontual

 

HID

Cuidadoso

 

Emocional

Vulnerável

Empático

Humanista

Instintivo

  

OS ESTILOS PESSOAIS SEGUNDO NED HERRMANN

 

COMPORTAMENTOS MAIS COMUNS

  

 

ESTILO ANALÍTICO

SUPERIOR ESQUERDO

 

•     Reage de forma não emocional

•     É direto(a) e objetivo(a)

•     Apresenta idéias bem articuladas em formato lógico

•     Usa dados e informações para ilustrar suas idéias

•     Tem precisão técnica

•     Gosta de criticar

•     Tem facilidade para debates

•     Exige fatos precisos

•     Pergunta básica: “O QUÊ”?

 

 

ESTILO EXPERIMENTAL

SUPERIOR DIREITO

 

•     Reage pensando no assunto

•     Percebe o global

•     Gosta de liberdade para explorar idéias

•     Prefere tarefas freqüentes e espontâneas

•          Usa metáforas

•          Tem preferência por informações visuais

•     Traça objetivos a longo prazo

•     Está ligado(a) ao cenário geral

•     Tem iniciativa

•     Usa a imaginação

•     Apresenta bom humor

•     É pouco detalhista

•     Prefere conceitos

•     Pergunta básica: ”POR QUE”?

 

ESTILO CONTROLADOR

INFERIOR ESQUERDO

 

•     Reage de forma cuidadosa

•     É detalhista

•     Trabalha com cronogramas e agendas

•     Usa plano de ação

•     Acompanha resultados

•     Tem procedimentos bem definidos

•     Gosta de riscos baixos

•     Gosta de comunicações formais

•     É pontual e exige pontualidade

•     É organizado(a) e exige ordem

•     Pergunta básica: “ COMO?”

 

ESTILO RELACIONAL

INFERIOR DIREITO

 

•     Reage de forma espontânea

•     Usa empatia e apresenta bom relacionamento

•     É informal nos relacionamentos

•     Gosta de imaginar como as pessoas vão reagir às suas ações

•     Quer que os sentimentos dos outros sejam respeitados

•     Tem consideração com todos da equipe

•     Gosta de um “toque pessoal” em tudo que faz

•     É sensível

•     Gosta de consenso nas discussões grupais.

•     Precisa estar entusiasmado(a)

•     Pergunta básica: “QUEM”?

  

CURIOSIDADE

A escolha de algumas  profissões e a quadratividade cerebral:

SUPERIOR ESQUERDO

(ANALÍTICO)

INFERIOR ESQUERDO

(CONTROLADOR)

SUPERIOR

DIREITO

(EXPERIMENTAL)

INFERIOR

DIREITO

(RALACIONAL)

•     Juiz

•     Gerente Técnico-financeiro

•     Cientista pesquisador

•     Químico

•     Presidente de Empresa

•     Engenheiro

•     Corretor de Bolsa de Valores

•     Executivo financeiro

•     Juiz

•     Gerente Contábil

•     Administrador

•     Supervisor

•     Corretor de Imóveis

•     Contador

•     Militar

•     Instrutor

•     Gerente de operações

•     Enfermeiro(a) chefe

 

•     Cientista

•     Empreendedor

•     Artista

•     Músico

•     Empresários (técnico)

•     Presidente de Empresa

•     Gerente de áreas ligadas a planejamento

•     Gerente de empresas de entretenimento

•     Assistente social

•     Psicólogo

•     Educador

•     Orientador

•     Gerente de Marketing

•     Secretária

•     Vendedor

•     Assessor

•     Gerente de cooperativas

•     Gerentes de pessoas

O equilíbrio entre os hemisférios cerebrais proporciona a harmonia  e leva ao caminho do bom senso.

Há momentos em que precisamos ser racionais, pragmáticos e planejadores e em outros,  a hora é de sonhar, imaginar e inventar.

Saber dosar e equilibrar os estados de espírito faz parte do comportamento criativo.

É sabido que as civilizações ocidentais valorizam e estimulam de forma parcial as funções e habilidades do hemisfério esquerdo.

Crescemos em uma sociedade que critica erros, isola pessoas que estão fora dos padrões estabelecidos e qualifica aqueles que entram em sintonia com o status quo.

Criatividade é transgressão, é inovação e quebra de normas rígidas.

O ser humano apresenta biologicamente possibilidades ilimitadas, porém cerceado por seu meio, por vezes nem percebe até onde pode chegar.

 

Fontes de consulta:

•       Creatividad y Transformación, página 36. - Wiasburd, Gilda

•       Motivação  - Como desenvolver e Utilizar Esta Energia –

•               Castro, Alfredo P. e Maria, Valéria José – Ed. Campus.

 
Maria Rita Gramigna é Mestre em Criatividade Total Aplicada pela Universidade de Santiago de Compostela (Espanha). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Minas Gerais e pós-graduada em Administração de Recursos Humanos pela UNA – União de Negócios e Administração (MG). Atua no Mapeamento de Competências, contatos estratégicos com clientes, capacitação gerencial e treinamento da equipe de consultores da MRG Consultoria e Treinamento Empresarial.