O que Importa

Por Maria Inês Felippe

14/05/2008


Olá! Como está? Cheio de planos?
Eu tenho um compromisso com você de trazer sempre alguma experiência que vivenciei buscando projetá-la em situações que vivemos no nosso cotidiano profissional. E esse compromisso continua firme.
É muito comum ouvir, nas minhas palestras, as pessoas comentarem fatos como os abaixo:
1) “Meu chefe não valoriza as minhas ações. Como mudá-lo?

2) “A empresa em que trabalho não possui um plano de carreira e pouco investe nos colaboradores”.

3) “Vivo num mundo de trabalho hostil.”

4) “Não há como mudar a minha rotina, tenho que fazer as coisas sempre da mesma forma!”

Essas questões são fortemente debatidas nos programas que tenho desenvolvido para liderança de equipes, administração de conflitos e inovação. E é cada vez mais comum encontrar essas situações dentro das organizações.
Penso muito nesses acontecimentos, reflito e acabo por concluir que não importa o que as pessoas fazem conosco. O que realmente importa é o que estamos fazendo com nós mesmos e o que permitimos que os outros nos façam.
É aí que entra a sua enorme responsabilidade em virar esse jogo. O que você preparou para realizar neste ano que, pelo menos, amenize situações como as descritas acima?
Bem, junte forças e vamos em frente
Abraço,
*Maria Inês Felippe é consultora e palestrante, especialista em Criatividade, Inovação e Gestão, e autora do livro 4 C’s para Competir com Criatividade e Inovação, pela Editora Qualitymark - www.mariainesfelippe.com.br