Na educação, não!

Gilberto Wiesel

10/07/2008


Sempre acreditei que, através da educação, faríamos um país melhor e continuo acreditando nisso. Devido a essa crença, resolvi escrever este artigo, pois não posso aceitar calado, o que algumas pessoas estão tentando fazer para destruir uma das únicas coisas em que ainda podemos acreditar piamente, sem questionar, que faria a diferença de um povo.
Tenho, aproximadamente, 18.000 assinantes das minhas colunas, e senti-me obrigado a comentar sobre o que vem ocorrendo. Refiro-me aos escândalos veiculados em toda a mídia sobre o envolvimento de reitores em abusos e usos de dinheiro público para benefícios próprios.
Justamente essas pessoas que ocupam os cargos mais importantes dentro de uma instituição de ensino, que deveriam estar acima que qualquer tentação de vaidade, de luxúria, de egocentrismo, justamente elas estão denegrindo a imagem dos educadores, a imagem da educação, mostrando, para nossos filhos e toda a sociedade, que até no lugar que teria a obrigação de abrir os olhos da nação, de mostrar o foco para uma vida melhor, onde achávamos que jamais pudesse ocorrer esse tipo de situação, estamos tendo, todos os Brasileiros, que enfrentar mais essa. Não aceito.
Já engoli muitos sapos na minha vida, e tenho certeza que todos vocês também, mas esse, decididamente não vou engolir, pois ele é muito gordo, não passa na minha garganta. Estou preparando uma filha para ser uma cidadã de bem, com valores morais e éticos sólidos, busco isso pela educação, tanto em casa como na escola. Já não está fácil, pois a todo o momento nos deparamos com atos nada lícitos das nossas autoridades, e nós, como pais temos que explicar e fazer entender que existem pessoas honestas e que vale a pena trilhar a vida por esse caminho.
Buscamos onde isso? Na educação.
Por isso, não aceito, e ponto. Não aceito lixeira de 900,00 comprada com dinheiro público, mas principalmente porque é tirada da educação, dos nossos jovens. Tirada da pesquisa que é tão importante e ninguém duvida. Tudo isso somente para alimentar egos de seres humanos pouco desenvolvidos, que colocam valores do TER acima dos valores do SER e ultrapassam os limites do bom senso. Não. Quer gastar toda essa grana para comprar lixeira? Tudo bem. Desde que tire do seu próprio bolso, aí sem problemas, pois cada um tem o direito de fazer o que quer com o que ganha.
Correto estão os estudantes, mais uma vez eles, usando o único recurso que está ao seu alcance, protestando, gritando, fechando reitorias. Através de seus atos destituindo dos cargos essas pessoas que envergonham a todos nós.
Bem era isso, desculpem o desabafo, mas como disse esse sapo eu não vou engolir. E você vai?