Estresse e Problemas Gástricos

Por Jorge Antônio Monteiro de Lima

16/07/2010

 

 Existem inúmeros casos de estresse que envolvem distúrbio do apetite tendendo a agravar com o passar do tempo. Como isto se explica?

Os transtornos alimentares tem uma profunda ligação com nosso sistema nervoso. Este é o campo em que o estado psicossomático, ou seja
psico-fisio- imunológico apresenta se.

Hoje sabemos que a úlcera nervosa é provocada por uma bactéria que

corrói as paredes do estomago. Contudo no campo psicológico todo

paciente com gastrite ou úlcera apresenta se ansioso e nervoso. Seria a

bactéria responsável por este estado psicológico?

No atual simplísmo científico que habita nossa ciência há uma visão

cindida da realidade humana entre corpo físico, mente, afeto e espírito.

Tudo dividido e sem ligação para a maior parte dos acadêmicos e

amadores da saúde.

Contudo esta ligação entre estados de ansiedade, estresse e problemas de apetite são extremamente visíveis na prática clínica. Em nossas pesquisas encontramos em 59% dos pacientes portadores de ansiedade, depressão ou pânico patologias secundárias como a gastrite, úlcera, perda excessiva de peso, anorexia, bulemia,obesidade, dismorfia. Uma estatística alta.

A tensão nervosa propõe na maior parte dos casos a observação de que o

aparelho digestivo tenderá naturalmente a tornar se "órgão de choque" em

casos de picos de ansiedade e estresse. Isto para não falar de variações importantes de peso que beiram os 10% ao mês seja com o paciente emagrescendo ou engordando, em casos de depressão ou transtorno de pânico.

E a raiz do problema novamente está na ansiedade. Os médicos que trabalham na área da gastro sabem e conhescem muito bem esta realidade.

Outro fator de má digestão é a pressa na alimentação, o hábito dos fast- food, o excesso de enlatados, resumindo nenhuma qualidade no alimentar- se.


Jorge Antônio Monteiro de Lima é pesquisador em saúde mental, Psicólogo e musico Consultor de Recursos Humanos Consultoria para projetos de acessibilidade para pessoas com necessidades especiais email: contato@olhosalma.com.br - site:www.olhosalma.com.br