Os Desafios da Vida

Irlei Wiesel

09/03/2009




Os desafios da vida são inúmeros. Algumas vezes esses desafios vêm em forma de provas de seleção. É o caso, por exemplo, de provas de vestibular, concurso público, testes para emprego, etc.. Nessas provas, somos avaliados para, posteriormente, sermos escolhidos ou excluídos. Para muitos, essa dinâmica eleva incrivelmente o nível de stress.

Sabemos que o ideal é o equilíbrio. No entanto, a conquista desse equilíbrio exige trabalho, comprometimento e dedicação.

Lembremos que qualquer prova exige domínio do conteúdo, porém o que muitos esquecem é que a pessoa responsável pelo uso desse conteúdo deve estar em paz. Do contrário, o resultado poderá ser a exclusão.

- Mas, como se preparar além do conteúdo?

Acredito que a mais importante medida é: descobrir a nossa força, conectar-se com ela e permitir que ela nos guie! Explico:

A força interior é o nosso maior tesouro. Quando estamos fortalecidos dificilmente nos abalamos. Por outro lado, a maioria despreza essa força, nem sequer a reconhece. E aquilo que não reconhecemos, passa a não existir!

Muitas vezes reconhecemos a força dos nossos pais, que se referiam a nós, dizendo:

- Você não vai longe!
- Eu sempre disse ao seu pai que você é mais lento que seu irmão!
- Você puxou a família da sua mãe, todos uns fracassados!
- Desde pequeno você vai mal nas provas, imagina nesse concurso!
- Nunca vi você estudando como sua irmã!

Reconhecemos também a força de alguns professores que nos convenciam, ao dizerem:

- Você está indo muito mal!
- Você é o aluno mais problemático que eu tenho!
- Sua desorganização vai lhe fazer rodar!
- Nem com mil horas de estudo, você vai aprender essa matéria!
- Isso não é para você!

Reconhecemos também a força dos amigos, quando diziam:

- Nem pense em tentar!
- Esquece! Vê se se enxerga!
Ao longo do nosso percurso, sobrevivemos, pois, o nosso desenvolvimento físico, acusa que crescemos, em idade e tamanho. Contudo, o nosso lado emocional, continua em conflito com as crenças adquiridas.

E quando isso acontece, eu pergunto:

- Será que o conteúdo estudado será suficiente para enfrentar a fraqueza que habita em nós?

Sem a nossa força, com quem podemos contar?

A força em nós é a força da vida. Ela sugere que tenhamos crenças positivas a nosso respeito, que lutemos para melhorar a qualidade dos nossos pensamentos e sentimentos em relação ao que merecemos. Devemos lembrar que estamos na posição onde nós nos colocamos, e a vida nos trata do jeito que nós nos tratamos!

Então, mãos à obra. Procure a cura das suas crenças negativas. Para isso, existe a terapia, bons livros, cursos de autoajuda, enfim, a medida dos recursos cresce de acordo com a medida da nossa necessidade. Olhe além do conteúdo, olhe além do consciente, olhem além... É lá no além que você encontrará a sua força, resgate-a e viva em plenitude!

Lembre-se: o conformismo e as crenças negativas causam stress, pois são carcereiros da liberdade e inimigos do crescimento!


Irlei Wiesel é Psicoterapeuta, Escritora.
E-mail: ilhw@terra.com.br
(55) 3026 3055